Companhia Imobiliária - inGaia Campus

Cases de sucesso

Veja o depoimento de corretores, que assim como você, pretendem ficar à frente no mercado imobiliário

"A educação é de fato um valor muito forte na identidade da empresa"

Há um ano utilizando o inGaia Campus, o proprietário da Companhia Imobiliária, Ionathan Cunha, de Porto Alegre, nos conta como está sendo investir na educação de seus corretores e como isso tem beneficiado seus negócios

Quem é?

Nome da Imobiliária: Companhia Imobiliária
Cliente desde: 2015

Como fundador da Companhia Imobiliária, qual é a sua visão de educação?

A educação faz parte da identidade da empresa e está refletida em todos os nossos processos internos, desde o recrutamento. O departamento de RH busca por corretores de imóveis que desejam evoluir. Quando o profissional diz que já sabe tudo, simplesmente não contratamos, mas quando encontramos uma pessoa mais aderente à nossa visão, ela é convidada a trabalhar conosco e esclarecemos na integração que há um método de trabalho a ser seguido e uma Universidade Corporativa para capacitá-lo continuamente.

"Um dos meus pilares sem dúvida é a qualificação constante dos profissionais."

Compartilhe

Como você coloca em prática sua visão sobre educação?

Atualmente reservamos todas as segundas-feiras, das 8h30 às 10h30, para tratar de assuntos diversos da empresa com a nossa equipe, mas o assunto principal é o treinamento. Utilizamos os cursos de nossa Universidade Corporativa como base para nos mantermos atualizados, fazemos pausas para recolher as percepções de cada um e com isso criamos espaço para debate e crescimento em conjunto. Esse é o padrão da empresa. A participação não é obrigatória, mas conseguimos em média 95% de presença dos corretores, porque eles entenderam, de fato, qual é a visão da empresa e percebem que profissionais especialistas mantém bons resultados independente do cenário econômico.
Optamos por esse método para que todos pudessem ter uma rotina de estudos, evitando que alguns fiquem de fora por não conseguir se organizar e estudar por conta própria, e também para reforçar que, a Companhia Imobiliária tem como missão promover oportunidades constantes de aprimoramento e desenvolvimento profissional. A educação é de fato um valor muito forte na identidade da empresa.
Com esse espaço, fazemos em torno de 8 videoaulas. Levamos cerca de 2 meses para conseguir debater todos os tópicos de cada curso. Nosso foco está no aprendizado e na discussão, e não somente na conquista do certificado. Finalizamos 5 cursos juntos até o momento, mantemos a equipe alinhada e seguimos evoluindo!
Não temos premiação por maior nota, mas algo muito forte aqui é a meritocracia. Nossos consultores sabem que quem bate meta tem mais benefícios. A única regra quanto aos cursos é: para iniciar no plantão, tem que fazer no mínimo um curso. Sempre recomendamos o curso de Captação de Imóveis, pois nossa imobiliária trabalha com avulsos e os tópicos abordados são muito relevantes para o nosso cotidiano.

Você acredita que as imobiliárias de sua região têm visto seu trabalho como um exemplo a ser seguido?

Acredito que sim. Atualmente participo do Comitê da Rede Gaúcha, hoje com 43 imobiliárias associadas. Com menos de um ano de adesão à Rede, fui convidado para ser Secretário justamente porque os meus colegas diretores percebem o preparo de meus corretores no atendimento ao cliente e a qualidade da divulgação dos imóveis colocados à venda.
Prova disso é que a Rede Gaúcha tem discutido como viabilizar sua própria Universidade Corporativa, envolvendo todos os associados.

"A educação tem grandes poderes, além de reter as pessoas conseguimos deixá-las mais seguras e motivadas a alcançarem seus objetivos."

Compartilhe

Que mensagem você gostaria de deixar para os empresários do setor imobiliário que não estão investindo em educação por causa da crise?

Tenho relacionamento com diversos palestrantes e alguns comentam que, em função da crise, muitos empresários estão se retraindo, ou seja: estão cortando gastos com a educação de seus corretores ou simplesmente não estão investindo. Agora eu acredito que são em momentos como esse que devemos capacitar ainda ainda mais, ou seja, acredito no inverso. Um dos meus pilares sem dúvida é a qualificação constante dos profissionais. Por isso, aproveitei o momento para reestruturar diversos setores e processos da minha empresa, inclusive o RH. O processo de recrutamento está mais rigoroso, pois desejamos contratar profissionais que desejam evoluir com a empresa e reduzir a rotatividade. O RH está fazendo uma entrevista por dia. Desde novembro, estou com o processo seletivo aberto, já entrevistamos mais de 60 profissionais, mas apenas 5 corretores estavam dentro do nosso perfil, ou seja mais uma vez estamos indo na contramão. Muitos empresários comentam a dificuldade em contratar e nós chegamos ao ponto de escolher que tipo de profissionais queremos como parceiros, graças a um excelente trabalho que a equipe vem desenvolvendo estamos com quase 0 de rotatividade e queremos sair de 14 para 28 corretores. Para isso, reestruturamos os setores da empresa e agora restam 7 vagas para atingirmos nossa meta. Ao mesmo tempo, seguimos nos dedicando ao desenvolvimento dos mais antigos na casa, sendo que alguns estão desde a inauguração da empresa. Reter talentos e ao mesmo tempo ser seletivo no recrutamento de novos profissionais na crise é um desafio, mas notei que quanto mais a pessoa tem conhecimento, mais resultados ela obtém. A educação tem grandes poderes, além de reter as pessoas conseguimos deixá-las mais seguras e motivadas a alcançarem seus objetivos!

Conheça:

Companhia Imobiliária - www.ciaimobiliaria.com.br